Provas do 2º dia do Enem 2019 exigiram mais dos participantes – UOL

Provas do 2º dia do Enem 2019 exigiram mais dos participantes – UOL

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 terminou ontem, 10 de novembro, com as provas de Ciências da Natureza e Matemática. O segundo dia de provas exigiu um conhecimento mais profundo dos estudantes sobre os temas vistos no ensino médio, o que tornou o Enem 2019 mais difícil do que os últimos anos. 

Dê sua opinião: qual foi a prova mais difícil do Enem 2019?

Como principal formar de entrar no ensino superior público do país, o Enem deixou de ser apenas uma prova avaliadora do ensino médio e passou a exigir mais dos estudantes. Segundo o gerente de inteligência educacional e avaliações do Sistema Poliedro, Fernando da Espiritu Santo, o exame está se aproximando mais dos grandes vestibulares e seu conteúdo voltou-se para a seleção dos melhores candidatos. 

Domínio de Conteúdo e Exigência de Cálculos 

Dominar o conteúdo foi importante para a resolução dos cálculos que os estudantes tiveram que fazer para chegar até as alternativas corretas. Segundo o diretor do curso Oficina do Estudante, Marcelo Pavani, as contas trouxeram dificuldades para os participantes porque não foi possível usar calculadora e os números apresentados eram mais complexos para se calcular de cabeça. “A operacionalização das questões era difícil de fazer no contexto de uma prova de 90 questões em 5 horas”, destaca. 

A prova de Matemática seguiu o histórico das outras edições, mas os cálculos exigiram mais dos participantes, além da interpretação dos enunciados. Os temas mais difíceis de Matemática neste Enem foram:

Probabilidade

Estatística

Análise combinatória

Logaritmos 

Função Trigonométrica

Probabilidade foi um dos assuntos de Matemática no Enem 2019

A prova de Ciências da Natureza (Química, Física e Biologia) exigiu uma boa base escolar dos estudantes. Química foi considerada a disciplina mais pesada das três matérias desta área do conhecimento, cobrando um conhecimento amplo do que conteúdo visto durante todo o ensino médio. Fernando chama a atenção para a retomada da cobrança de modelos atômicos, algo que não estava presente nos Enem dos últimos anos. 

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Cálculos também apareceram em maior complexidade na prova de Física. O foco conteudista deste Enem veio em abordagens de assuntos como decomposição de forças, algo que é mais presente em vestibulares do que no exame. 

Já Biologia aproximou a disciplina ao cotidiano dos estudantes com temas como imunologia, importância da vacinadescarte de medicamentos e alternativas para controle de pragas. Apesar de uma prova clássica, professores consideraram esta edição mais difícil do que o normal. 

Enem aborda o uso da vacina na prova de Biologia

Como foi o Enem 2019

O Enem 2019 começou no dia 3 de novembro, domingo em que foram aplicadas 45 questões de Linguagens e Códigos, 45 sobre Ciências Humanas e a Redação com o tema “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”. As provas tiveram continuidade ontem (10), sendo realizadas 45 questões de Ciências da Natureza e mais 45 de Matemática. 

O Gabarito Oficial será divulgado na próxima quarta-feira, 13 de novembro. O resultado do Enem 2019 está previsto para janeiro de 2020

Correção Comentada

Que tal tirar suas dúvidas sobre os cálculos das provas de Ciências da Natureza e Matemática, conferir o gabarito extraoficial e ver quantas questões você acertou? Confira a Correção Comentada do Brasil Escola e fique por dentro da resolução feita pelo Oficina do Estudante. 

A correção do primeiro dia do Enem 2019 e o comentário da redação também estão disponíveis no Brasil Escola. Ainda com dúvidas sobre o exame? Acesse nosso especial sobre o exame!

Fonte Oficial: UOL.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Notícias do Enem.

Comentários

Você talvez goste também de

Mais de 12,9 mil candidatos deixam de fazer as provas no segundo dia do Enem 2019 – G1

Estado teve mais de 46 mil inscritos e