Enem deixa de ser usado como parte do Vestibular da UFMS – UOL

Enem deixa de ser usado como parte do Vestibular da UFMS – UOL

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) anunciou o fim do uso do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como parte do Vestibular Tradicional. A partir do ingresso para 2020, o processo seletivo próprio contará apenas com provas elaboradas pela própria instituição. 

O Vestibular da UFMS foi retomado em 2017 para ingresso em 2018, processo seletivo que foi composto pelo aproveitamento das notas do Enem e provas aplicadas pela instituição. O modelo foi utilizado para o ingresso até 2019, correspondendo a 30% das vagas oferecidas pela instituição.

Apesar da exclusão do Enem no Vestibular tradicional da UFMS, a pontuação do exame continuará a ser usada para o ingresso em 50% das vagas pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU), 20% a menos do que as edições de 2018 e 2019. 



  VESTIBULAR    PASSE SISU
VAGAS (%) 30%            20%                     50%        

Passe

O Passe UFMS finaliza seu primeiro triênio (2017/2019) neste ano e, por isso, contará com a primeira turma de concluintes a preencher 20% das vagas oferecidas pela UFMS. O Programa de Avaliação Seriada Seletiva foi criado em 2017, edição em que teve provas apenas para a 1ª série do ensino médio. 

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Provas

A UFMS informou que o Vestibular 2020 será realizado em 1º de dezembro, enquanto as provas das três etapas do Passe serão realizadas no dia 8 seguinte

As demais datas do Vestibular e do Passe serão divulgadas pela UFMS em julho, mês em sairão os editais dos processos seletivos. 

Governo corta mais de R$ 29 milhões da UFMS

A UFMS está entre as instituições públicas que sofreram cortes públicos do Governo Federal. Com a redução de 30% dos repasses, a universidade perde mais de R$ 29 milhões em verba, o que pode prejudicar o andamento das atividades acadêmicas. 

Os cortes feitos pelo Governo Federal começaram no dia 30 de abril, atingindo primeiro as universidades de Brasília (UnB), Federal da Bahia (UFBA) e Federal Fluminense (UFF), retirada de verba que seguiu para as demais instituições federais do país. Com a redução de milhões no orçamento, as unidades acadêmicas têm prejuízo até em serviços como limpeza e materiais básicos de uso diário. 

Fala polêmica de ministro foi dita em um vídeo ao vivo em rede social do presidente Bolsonaro

Como serão as provas do Enem 2019

Fonte Oficial: UOL.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Notícias do Enem.

Comentários

Você talvez goste também de

MEC anuncia que vai avaliar alfabetização das crianças por amostra – 02/05/2019 – UOL

O ministro da Educação, Abraham Weitraub, anunciou hoje