UOL >> Após reclamações, Inep justifica aumento da taxa de inscrição do Enem

UOL >> Após reclamações, Inep justifica aumento da taxa de inscrição do Enem

Alvo de reclamações de estudantes desde a última semana, o aumento no valor da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 de R$ 68 para R$ 82 foi explicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em nota publicada nesta quarta-feira, 19 de abril.

Confira a nota do Inep sobre o aumento da taxa do Enem

Acesse o Edital do Enem 2017

Conforme justificativa apresentada pelo órgão, o aumento de aproximadamente 20% é resultado de uma atualização monetária. “Cerca de 6% são relativos ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de janeiro de 2016 a janeiro de 2017. Os demais 14% são referentes a correções do mesmo índice não aplicadas entre 2004 e 2014”, diz a nota.

O Inep também reiterou que o valor da inscrição do Exame permaneceu em R$ 35 por 10 anos, apesar das variações dos preços de mercado, reajustes inflacionários e aumento dos custos da seleção e acrescentou que “apesar do aumento, o valor cobrado não cobre o que o Exame gasta com cada participante que faz o Enem”.


Clique na imagem para ampliar

O órgão listou, ainda, as taxas de inscrição dos seis principais vestibulares do país para mostrar que, mesmo com o aumento, a taxa de inscrição do Enem 2017 é inferior aos valores cobrados nesses processos seletivos. Um dos exemplos é o Vestibular da Fuvest, que no ano passado cobrou R$ 145, R$ 63 a mais do que a nova taxa do Enem.


Clique na imagem para ampliar

Enem 2017

O Edital da próxima edição do Enem foi publicado no último dia 10. Segundo o documento, as inscrições poderão ser feitas de 8 a 19 de maio, exclusivamente pela internet. Já as provas serão aplicadas nos dias 5 e 12 de novembro, dois domingos consecutivos conforme resultado da Consulta Pública. A divulgação do resultado está prevista para 19 de janeiro de 2018.

A inscrição no Exame permite que o candidato concorra às vagas oferecidas pelas instituições públicas de ensino superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) e às bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas de educação superior, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). A partir deste ano, o Enem deixa de ser usado para Certificação de Conclusão do Ensino Médio

O participante também pode utilizar as notas obtidas na selção no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), para cursos técnicos; no Programa de Financiamento Estudantil (Fies), no Programa Ciência sem Fronteiras e para ingressar em instituições de ensino superior de Portugal

Mais informações podem ser obtidas pelo Edital do Enem 2016 ou pelo telefone 0800-616161.

Fonte Oficial: http://vestibular.brasilescola.uol.com.br/enem/apos-reclamacoes-inep-justifica-aumento-taxa-inscricao-enem/338887.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Notícias do Enem.

Comentários

Você talvez goste também de

Inscrições abertas para o Vestibular 2019/2 do IFRS – UOL

O Instituto Federal do Rio Grande do Sul